Resenhas

22 de novembro de 2014

Resenha #17: Cidades de Papel - John Green

......
"O para sempre é composto de agoras." - Cidades de Papel

Livro: Cidade de Papel
Autor: John Green
Editora: Intrínseca
Páginas: 368
Sinopse: Em Cidades de papel, Quentin Jacobsen nutre uma paixão platônica pela vizinha e colega Margo Roth Spiegelman desde a infância. Naquela época eles brincavam juntos e andavam de bicicleta pelo bairro, mas hoje ela é uma garota linda e popular na escola e ele é só mais um dos nerds de sua turma.Certa noite, Margo invade a vida de Quentin pela janela de seu quarto, com a cara pintada e vestida de ninja, convocando-o a fazer parte de um engenhoso plano de vingança. E ele, é claro, aceita. Assim que a noite de aventuras acaba e um novo dia se inicia, Q vai para a escola, esperançoso de que tudo mude depois daquela madrugada e ela decida se aproximar dele. No entanto, ela não aparece naquele dia, nem no outro, nem no seguinte. Quando descobre que o paradeiro dela é agora um mistério, Quentin logo encontra pistas deixadas por ela e começa a segui-las. Impelido em direção a um caminho tortuoso, quanto mais Q se aproxima de Margo, mais se distancia da imagem da garota que ele pensava que conhecia.


Depois que li A Culpa é das Estrelas, fiquei muito curiosa para ler os outros livros do Green, e é incrível como a sinopse de seus livros deixam você com mais vontade ainda de lê-los.

Em Cidades de Papel, conhecemos Quentin, nosso querido Q, seus dois melhores amigos, Ben e Radar, e a garota que é sua vizinha e por quem ele é apaixonado desde criança, Margo Roth Spiegelman. Quando criança, ele e Margo eram muito próximos, até que, enquanto brincavam no parque, descobriram um cadáver de um homem, e a partir daí, eles acabaram se distanciando. Margo tornou-se uma das garotas mais populares da escola, e Quentin tornou-se um nerd.
"Eu me pergunto se amanhã vai ser diferente."
Mas, depois que Margo aparece na janela do quarto de Q, com o rosto pintado de preto, recrutando-o para ser seu piloto de fuga, as coisas começam a mudar. Margo estava preparada para se vingar, bem no estilo Margo, daqueles que, de certa forma, a traíram. E Q, claro, concordou. Margo já tinha arquitetado todo seu plano para esta noite, e eles incluíam pichaçãopeixeinvasão ao Sea Worldcreme depilatório...
"E assim, o cinco de maio poderia ter sido um outro dia qualquer - até pouco antes da meia-noite, quando Margo Roth Spiegelman abriu a janela sem tela do meu quarto pela primeira vez desde que me mandara fechá-la nove anos atrás."
" - Hoje , meu bem, vamos acertar um monte de coisas que estão erradas. E vamos estragar algumas que estão certas. Os últimos serão os primeiros; e os primeiros serão os últimos; os mansos herdarão a terra."
Após essa noite de pura adrenalina, Quentin espera que sua relação com Margo mude. Mas acontece que, Margo não aparece na escola, nem naquele dia após sua noite com ela, nem depois dele, e nem depois deles. E a pergunta que fica é: Onde está Margo?
"Margo sempre adorou um mistério. E, com tudo o que aconteceu depois, nunca consegui deixar de pensar que ela talvez gostasse tanto de mistério que acabou por se tornar um."
Então, o que Q faz, é seguir as pistas deixadas por ela para tentar descobrir seu paradeiro. Com a ajuda de Ben e Radar, Q se lança nessa aventura que é encontrar Margo, e a cada pista, percebe que não a conhecia como achava que conhecia.
"[...] Em algum lugar eu paro e espero você."
Cidades de Papel é um livro que envolve mistério, e a cada página lida, você fica curioso para saber o que a outra te traz. Green dividiu o livro em três partes: Os fios, A relva e O navio. Em Os fios, relata todos os acontecimentos do dia em que Margo recruta Q para colocar em prática o que planejou para se vingar. Em A relva, fala sobre o sumiço de Margo, Q buscando as pistas deixadas por ela, junto com seus amigos Ben e Radar, tentando entender o motivo do sumiço de Margo. A terceira parte, O navio, retomamos com as boas risadas como em Os fios, essa parte é a busca por Margo, na segunda foi a busca pelas pistas, na terceira, após encontrar todas as pistas, eles saem ao encontro de Margo, Q, Ben, Radar, e a amiga de Margo, Lacey.





"Margo não era um milagre. Não era uma aventura. Nem uma coisa sofisticada e preciosa. Ela era uma garota."
O desenrolar da história, na minha opinião, é muito bem trabalhado, os personagens muito bem pensados e desenvolvidos. Eu quis bater na Margo por ter fugido, e quis abraça-la por saber o porquê dela ter fugido. O livro tem um enredo cativante, que a cada página lida, você não consegue deixar o livro de lado (pelo menos para mim).
" Você vai para as cidades de papel e nunca mais voltará."
A única coisa que não gostei muito no livro foi o final, eu queria saber o que acontecia com os dois. Sofri o mesmo que sofri com A Culpa é das Estrelas, acho que o John tem o dom para nos deixar curiosos assim, haha. Mas ainda sim, o livro é perfeito, lindo e encantador. Recomendo a leitura. Não é "puxando o saco" do Tio Verde, mas ele tem um dom para me encantar com seus livros.



P.S: Desculpem pela péssima imagem -qq


Postado por Jéss Winchester

11 comentários:

  1. Oi Jéss. Eu amo essa livro, acho ele incrível. É lindo demais.
    www.dai-sies.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. O primeiro livro do Green que li foi Quem é você, Alasca? Eu me apaixonei completamente pela escrita fantástica que ele tem, o jeito clichê que acaba virando nada clichê. Todos os personagens dele são incrivelmente inteligente. Q, Collin, Gordo e Hazel. Todos apaixonados por personagens populares e bonitos, todos tem um amigo extremamente engraçado como, Ben <3, Izaac, Coronel <3 , Hassan <3. As piadas dfjndjfndf;
    Com certeza Cidades de Papel foi meu favorito, comi ele em dois dias, e aproveitei muito tudo, cada palavra escrita.
    Adorei a resenha u3u

    http://s-sessaoproibida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá Jéss! Eu vou bem, obrigada por perguntar!
    Estou morrendo de vontade de ler esse livro, mas não consigo encontra-lo aqui para ler T-T
    Ótima resenha, gostei muito ♥

    ~Abraços, Cat In My Coffee

    ResponderExcluir
  4. Ah, até que em fim algum blog com resenha desse livro. Fiquei sabendo que minha amiga tem esse livro, vou ver se pego emprestado dela. Sempre quis ler, já que os livros do Jhon são geniais.

    Gente, a sinopse é perfeita, parece ser ótimo IAHIAHAIHA' amei a imagem final apesar de estar com falta de qualidade, HAUAHU' mas spoiler's são vida <333 :P
    Gente, então quer dizer que ele vai gostar da Margo e não mais da Menina popular? esse é meu palpite.

    Adolescente Nerd // Oficial [] 彡

    ResponderExcluir
  5. Eu da não tinha vista resenha desse livro, mas amei a sua. Me interessei muito pelo livro. Quero saber o que aconteceu com a Margo. Acho que vou ler em PDF, hehhe ><. Realmente eu amei a resenha ♥.

    Smile baby :D
    www.s-frezee.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Quando eu comprei demorei bastante para ler porque estava lendo outro.. Mas estava loucamente perdidamente agoniada para ler e não me arrependi. "Cidades de Papel é um livro que envolve mistério, e a cada página lida, você fica curioso para saber o que a outra te traz." Concordo com cada palavra que disse ahsuhaus
    Beijos * i-n-decisa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Jéss, tudo bem?
    Gostei bastante da resenha, tenho vontade de ler outros livros do John Green (só li A Culpa é das Estrelas), mas sempre acabo passando outros na frente, acho que ele bate na trave
    comigo rs..bom, sempre vejo resenhas positivas desse livro,talvez será o próximo que lerei do Sr. Verde kkkkk
    Bjus do MAGI'S
    Blog: http://www.magisbook.blogspot.com.br/
    Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCEc_CLTWldvUPEs8iPZRMwQ

    ResponderExcluir
  8. Hey Jess o/. Primeiramente quero pedir desculpas pelo sumiço. É que meu notebook bugou ai eu tinha de usar o PC, mas aqui só tinha 1 pra todo mundo ai acabei nem
    usando direito, mas agora estou de volta.
    Mas indo a resenha, eu tbm fiquei curiosa para ler outros livros do John depois de ler A Culpa é das Estrelas. Eu li exatamente o Cidades de Papel, mas cara: que livro bugado.
    Tipo, foi o que eu pensei do livro tipo. O negocio ja começou estranho com aquela parada deles terem descobrido um corpo na infancia, mas ate ai tudo bem, pois é pra
    dá um negocio diferente na historia neh? Ai a mina some e ele começa e ir pra uns lugares estranhos pra dedeu e eu fui ficando mais bugada e mais bugada ate q ele
    decide viajar la pro cafundeu do Judas atras dela sem avisar ngm e eu só assim o.O. No fim foram muitos o.O o.O O.o O.o WHAT? QUE QUE ACONTECEU MEU GOD?
    Tipo, sei la mano, muito louco esse negocio ai. KKKKKKKKKKKKKKKK
    Mas acho que foi um bom livro. Nao foi um A Culpa é das Estrelas, mas é um livro que consegue te prender e é bem original. Os personagens são bem construidos e palpavei o que é
    legal. Cara eu morri de rir com a historia do menino que os pais tem um coleçao de Papais Noeis Negros, e na parte q o cara q tem uma coleçao igual a deles morrem eles vao
    comprar os Papais Noieis do kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Essa foi uma puta sacada do tio Joao Verde. Ah e falar nisso vc chama ele de Verde tbm *-*
    Bem, eu to querendo ler outros livros dele pra matar a curiosidade.
    Ah nao sei se vc ja leu, mas vou te indicar um livros, chama-se Os Treze Porques, faz esse estilo que me parece que voce gosta. É um dos meus livros favoritos, espero que goste.

    P de Paranoia

    ResponderExcluir
  9. Olá :) Adorei a resenha! Tá ótima! :D Já faz um bom tempo que sinto vontade de ler esse livro, :) a sua resenha me fez ficar com ainda mais vontade e curiosidade, gosto muito de livros com o assunto bem misterioso, acho que essa história é muito legal, provavelmente o mistério do sumiço da personagem deixa a trama melhor e faz com que os leitores queiram continuar a leitura. ;D rsrs
    Beijos! <3
    http://my-stories-wonderful-books.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Amo esse livro, amei sua resenha, super completa *-*
    Ansiosa pelo filme <3

    ResponderExcluir

Regras:

. "Seguindo, segue de volta?" , aceito, mas ao menos comente sobre o que foi postado.
. Não aceitamos mais Tags nem selinhos.
. Aceito afiliação, basta falar.
. É claro que se você me seguir, eu vou lhe seguir ;)